Moderna e envolvente: A Berlim que não está nos livros e sua história não contada

dscn1403A Berlim que a gente aprende na escola meio assombrada pelo nazismo, carregada de sofrimento e símbolo de divisão não é a mesma cidade que se vê quando se passeia por ela. De fato Berlim foi um acidente no meu roteiro. Brasileiro quer mesmo é ir para Paris! Depois estica para a Espanha, Itália, se der tempo Portugal e se tiver dinheiro Inglaterra. Mas ter a Alemanha como protagonista de uma viagem, só pra quem pesquisou muito antes ou cai de paraquedas, como foi no meu caso. Eu cheguei ao país por Frankfurt e já que estava perto fui conhecer a Capital alemã.

O resultado foi surpreendente. O Muro de Berlim continua lá, em parte preservado, já a parte demolida marca no chão o tracejado que uma vez dividia uma cidade em dois mundos inimigos. Isso faz com que você, literalmente, ande sobre a história da geopolítica mundial. No meu caso, até colei um chiclete mastigado em uma parte do muro sem medo de ser preso por vandalismo. É que há um espaço onde essa prática transformou o muro em um grande painel de manifesto.

Alias, chegando a Berlim procure a East Side Gallery, é o trecho mais bem preservado do Muro que foi transformado em uma gigantesca galeria de arte a céu aberto, com direito a arte brasileira, inclusive. São quilômetros de manifestações políticas, sociais e até religiosas, nesse trecho, nada de chicletes.

A cidade é caracterizada por um contraste entre edifícios históricos e arquitetura contemporânea, entre tradição e modernidade às margens do Rio Spree. As atrações turísticas de Berlim contam a história de uma nação inteira, do Portão de Brandemburgo até os grandes edifícios do governo, entre eles o histórico Reichstag, a sede do parlamento alemão.

De manhã a dica é explorar o turismo histórico da cidade, como o Check Point Charlie, há uma réplica da estação que na Guerra Fria permitia mobilidade de pessoas entre a República Democratica Alemã (RDA) e a República Federativa da Alemanha (RFA), com direito a “soldados” americanos e russos para tirar foto. Se tiver estômago e curiosidade vá ao museu Topografia do Terror, por falar em museu, Berlim tem 175 opções, mais museu que dias de chuva. Mas a Topografia é diferente de tudo o que você já viu. A começar pelo lugar, o museu está localizado exatamente onde era o centro subterrâneo da Gestapo, a polícia secreta do Estado, administrada pela SS.

Juventude alemã, baladas e compras

Mas a proposta aqui é falar dessa Berlim pós-moderna, a começar pela quantidade de jovens que se vêem nas ruas, eles movimentam as baladas mais agitadas da Europa e isso atrai milhares de jovens de várias partes do mundo. Em números são cerca de 900 bares e 190 clubes e discotecas.

Incontáveis opções de compras oferecem a conhecida Kurfürstendamm, a elegante Friedrichstrasse e as butiques originais nos Hackesche Hofe. Não se assuste com o desfile de carros e roupas importadas, os berlinenses tem muito bom gosto por sinal, até por isso não espere um custo de vida barato! Você vai se deparar com uma cidade extremamente limpa, organizada onde o transporte público funciona e não há preocupação em andar a pé e sozinho.
Seja para um mochilão ou férias com a família, Berlim tem o poder de seduzir e agradar qualquer turista, e até surpreender, como foi no meu caso. Então berline-se!

*Renato Lima é jornalista e personal travel. Já viajou por 25 países e está no quarto passaporte. É autor do blogwww.renatolalonge.wordpress.com  Publica todas as quartas sobre viagens, turismo e vida no exterior. Fale com o autor: renato.mart@gmail.com (67) 99245-7574.

Anúncios

Sobre Renato Lima

Jornalista, psicólogo, mochileiro e observador de comportamento.

Publicado em 20/12/2016, em Sem categoria. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: