Rituais de Passagem e Ciclos da Vida

Freud fala sobre uma certeza humana e coletiva, talvez a única certeza universal da nossa espécie: a morte. Ao mesmo tempo em que Freud fala que dentro de nós (inconsciente) existe essa certeza, no consciente coletivo também existe a mesma luta para viver e prolongar a vida na terra.  Mas o post aqui não vai falar dos avanços da medicina estética nem técnicas de rejuvenescimento,  talvez sim em um estilo de vida saudável, de uma saúde emocional e afetiva.

Fato é que nossa vida é uma sucessão de ciclos, o famoso Círculo da Vida, que a Disney ilustrou com o pequeno Simba. Vivemos concluindo coisas e iniciando outras – não necessariamente nessa mesma ordem – a bem da verdade, nem muita ordem temos….. começamos vários ciclos ao mesmo tempo, sem ter concluído outros e assim construímos voluntariamente uma trama e quando menos percebemos já estamos presos em nossas próprias experiências, memórias, lembranças, passados…..

Mas para realmente seguir em frente é preciso concluir esses ciclos e isso não significa, necessariamente, apagá-lo ou destruí-lo – até porque quando tentamos fazer isso, nossa mente luta em resistir, e ela sabe fazer isso muito bem – mas é preciso de um Ritual de Passagem, um marco que sinaliza o fechamento de um ciclo e o início de outro.

Como todo ritual, o de Passagem  também precisa cumpri um certo protocolo.  Há quem prefira queimar as lembranças físicas, ou enterrar ícones que remetam ao ciclo anterior. Outras pessoas preferem o método de substituição, fortalecendo o novo com a esperança de que uma carga maior de emoção suprima a do passado.  Algumas escolhas são homicidas, outras repressivas, mas todas desesperadoras! …..Pobres de nós, humanos! Fácil seria se aceitássemos a morte de um amor, o falecimento de uma história e o desapego de pessoas…. O egoísmo natural enraíza tudo isso, independente de sermos bons ou maus, somos todos iguais.

Voltando ao Ritual de Passagem….. biblicamente não se pode “deitar vinho novo em odres velhos”. Odres são as barricas de carvalho que armazenam e envelhecem os vinhos. Vinho novo precisa de Odre novo, caso contrário o odre velho não suportará a acidez do líquido e em pouco tempo estará vazando pelos remendos desgastados pelo vinho anterior. Para a bíblia nenhuma semelhança é mera coincidência.

Fato é que todo Ritual de Passagem certifica a conclusão de um ciclo. Serve como ponto final que substitui todas as vírgulas, reticências, exclamações e interrogações.  Exige um pouco de sacrifício, muita coragem e determinação, pois é preciso se voltar ao passado para fechar a porta, o que implica em re-lembrar, re-viver….. todos os sabores e dissabores!

Mas é através de um Ritual de Passagem que conseguimos distinguir claramente, fantasias, idealizações, utopias, de realidade! Serve como uma libertação, limpeza, preparação para o novo ciclo. Aquele que faz parte da vida normal e natural de nós humanos!

É nesse Ritual onde culpas, culpados, suposições e variações são aniquilados. Porque já não importa mais, o ciclo será fechado!

Rituais de Passagem não acontecem no campo da mente, é preciso materializá-lo. Rituais de Passagem não são todos iguais, não possuem tempo determinado. Podem levar horas, dias, ou mais de mês (disso eu entendo)…. diferente do que imaginamos, ele não tem poder de amnésia, mas de sublimação. E quando concluímos somos inundados por uma segurança e paz que nos prepara para iniciarmos um novo ciclo, como se fosse a primeira vez.

E essa é a mágica da Vida, poder acreditar novamente, se entregar e se lançar ao novo sem amarras do passado.  E se por um lado jamais iremos esquecer o passado, por outro, percebemos uma reorganização de valores e significados dessa semiótica emocional e hormonal que habita em nós.

Eis uma forma de despir a vida e repensar a insustentável leveza de ser !

Anúncios

Sobre Renato Lima

Jornalista, psicólogo, mochileiro e observador de comportamento.

Publicado em 22/08/2011, em Mood e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Cintia Cavalcante

    Abrazo desde San Francisco California. Parabéns pelo seu post gostei muito da maneira relaxante jovem e suave como o que você falou do ritual de fechamento. Tenho que fazer um ritual fechamento de ciclo e estou aberta a novas idéias por isso estava buscando na internet encontrei o seu post. Eu nasci no Amazonas Estou acostumada a ver rituais vários rituais lindos místicos intrigantes feito pelos índios da Amazônia ao mesmo tempo estou aberta a conhecer outras ideias por isso gostei de ler o seu post Obrigada e parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: