Rebecca Ferguson – Uma Diva que não sabia quem era!

Olá leitores, este é um daqueles post que vale a pena registrar a data. Hoje são 19 de dezembro de 2010 e tenho cereteza que em breve este post será fonte de pesquisa, pois, guardem esse nome Rebecca Ferguson, o mundo ainda vai “ouvir” muito ela e dela.

Vamos lá…. Semana passada encerrou mais uma temporada o programa X-Factor, a versão britânica do American Idol, idealizada, dirigida e de propriedade de Simon Cowell, o jurado mais temido do Reality Americano e também, quem descobriu Susan Boyle – o fenômeno de bigode!

X-Factor ainda não é muito conehcido no Brasil, mas faz muito sucesso no UK, assim como todos os realities musicais… tem muita competição, muita gente boa e também, muitos talentos disperdiçados! Foi esse programa que revelou a cantora Leona Lewis (vencedora em 2006), e dela o Hit “Bleeding Love”, bem como a trilha do filma Avatar. Mas foi o mesmo programa que deixou passar Austin Drage (eu acho que o cara era o melhor da edição 2009). Esse comportamento é típico desses programas…. Aproveito para registrar minha queixa contra o American Idol que errou feio quando não aprovou Amber Riley (Mercedes de Glee) nas audições e quando viu Jeniffer Hudson – que foi eliminada – fazer mais sucesso que qualquer vencedor do programa.

E se realmente é o povo quem decide o final e escolhe o vencedor, vemos que o povo sabe o que quer, mas não sabe o que precisa! E realmente, as pessoas (nós) precisávamos de Rebecca Ferguson como vencedora desse programa!

Nascida em Liverpool, Rebecca Ferguson, secretária e mãe de duas crianças, fez audição aos 23 anos! Dona de uma timidez gigante – só não maior que o seu talento – mostrou muita simpatia, elegância e claro, talento vocal único, original e inigualável. ((Reforçando, ela não venceu o programa))

Fazendo de cada performance única, Rebeca apresntava e representava o antagonísmo de uma estrela, a exuberância e o exagero em maquiagem, jóias e roupas estilizadas, com a timidez e vergonha – infelizmente não permiditos a uma celebridade. Mas no palco, a contradição se unia em um matrimônio surreal. Passando por vários estilos e gêneros musicais, Rebecca imprimia personalidade própria em his famosos como “Like a Star”, “Candle in the Wind”, “Yesterday” “Still Haven´t found”, entre outros….

O timbre soul e a voz com melodia de jazz faz de Rebecca uma incognita musical! Imposível não lembrar de Aretha Franklin, porém, com toda a elegância de uma lady. Talvez a melhor palavra que traduz Ferguson, seria DIVA, isso, ela resgatou a presença das Divas musicais, das décadas de 80 e 90.

Eu selecionei alguns vídeos para que vocês possam conferir do que eu estou falando e conehcer um pouco mais, e melhor, da Reba.

1) Audição, a primeira vez de Rebecca em um palco!

2) A Primeira Apresentação de Reba – Like a Star by Corine Bailey

3) Amazing Grace  (eu tenho um apego pessoal com essa música, então me senti presenteado!)

4) A Melhor Performance (na minha opinião) ” Make You Feel My Love ”

5) Cantando com Christina Aguilera – “I´m Beautiful”

6) A última apresentação – Distant Dreammer

Anúncios

Sobre Renato Lima

Jornalista, estudante de psicologia, mochileiro e observador de comportamento.

Publicado em 19/12/2010, em Cult & Filmes e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Renato…..

    Achei seu blog por uma pesquisa, através do nome de Rebecca! E Justiça seja feita! O seu blog, já esta sendo uma fonte de pesquisa e tanto, ainda mais sobre essa voz, que descobri ontem (19/01), depois de pesquisar uma música cantada por outro exemplo brilhante de voz feminina Jennifer Hudson, Feeling Good! Rebecca Ferguson, realmente é algo que jamais vi ou ouvi! SIMPLESMENTE MARAVILHOSA!!!
    Mas enfim, passei aqui apenas para dizer que adorei o post sobre ela, e torço para que ela faça um sucesso absurdo de bom e gostoso de ouvir!!!!

    Abraços

  2. Mauricio Barbella

    Renato…só agora passados alguns anos é que vi por acaso seu comentário sobre Rebecca Ferguson…você não exagerou nem um pouco ela realmente é um DIVA.

  3. Renato, sua informação veio a calhar. Adorei, vou adquirir CD’s da Rebecca, afinal tá difícil encontrar música boa no mercado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: